31 janeiro, 2007

O FUNK DA GUERRA E O COMPANHEIRO BUSH

Devido ao sucesso da apresentação do funk da Guerra realizado no quadro "Pagando Mico com os Aniversariantes" no último final de semana no Beverly Hills Bar, informo...a inspiração veio da seguinte música, de Tom Zé...ou seja, qualquer semelhança não é mera coincidência.


COMPANHEIRO BUSH
(Tom Zé)
Ed. Irará (Trama)
Produzido por Max de Castro

Se Você Já Sabe Quem
Vendeu Aquela Bomba Pro Iraque,
Desembuche.
Eu Desconfio Que Foi O Bush.

Foi O Bush,
Foi O Bush.
Foi O Bush.

Onde Haverá Recurso
Para Dar Um Bom Repuxo
No Companheiro Bush.
Quem Arranja Um Alicate
Que Acerte Aquela Fase
Ou Corrija Aquele Fuso,

Talvez Um Parafuso
Que Ta Faltando Nele
Melhore Aquele Abuso.
Um Chip Que Desligue
Aquele Terremoto,
Aquela Coqueluche.
Se Você Já Sabe etc.



Salve Tom Zé!

29 janeiro, 2007

As provas...




Legenda:

Foto 1: Eu, Ivi e Marcelinho
Foto 2: Consuelo, Eu e Luciano
Foto 3: João Carlos, Juliana e Eu
Foto 4: "Quero ver todo mundo cantando: DESEMBUCHE!"
Foto 5: "E quem vendeu aquelas bombas para o Iraque"
Foto 6: "Desconfio que foi o Bush"
Foto 7: "DESEMBUCHE"
Foto 8: Quem quer um boooolo?

Comentem...comentem...

Final de Semana Inesquecível, não tem preço!!!

Sabe aqueles dias ou momentos que jamais iremos esquecer?

Pois é, este final de semana prolongado provou que o ciclo da mudança começa positivamente.

Vamos por partes, algo como a propaganda de um certo cartão de crédito.

25/01 - Manhã e Tarde

Entrada no evento Clássicos de Competição: R$ 30,00
Estacionamento dentro do circuito: R$ 15,00
Falar com o Wilsinho Fittipaldi e ver o FD01 andando denovo: Não tem preço!!!

25/01 - Tarde e Noite

Lanche no Habib´s: R$ 13,50
Estacionamento a 2 quarteirões do parque da independência: R$ 9,00
Ver a volta dos Mutantes após 30 e tantos anos: Não tem preço!!!

26/01 - Manhã

Estadão: R$ 3,50
Ver sua foto na capa do Jornal: Não tem preço!!!

27/01 - Manhã

Gasolina: R$ 16,00
Mensalidade da Formatura: R$ 112,00
Ver o seu irmão colando grau na faculdade apenas de camiseta e calça jeans: Não tem preço!!!

27/01 - Noite

Couvert artístico: R$ 15,00
Refrigerante: R$ 2,80
Compor, cantar de dançar funk no quadro "Pagando Mico com os Aniversariantes": Não tem preço!!!

28/01 - Noite

Entrada no Congresso Internacional de Odontologia: R$ 50,00
Estacionamento: R$ 20,00
Ter um autográfo personalizado e com desejos de feliz aniversário da bada Ultraje a Rigor, sem contar absolutamente nada sobre a data, muito menos o nome: Não tem preço!!!

29/01 - Dia Todo

Fechado para balanço e com 145 scraps para ler: Não tem preço!!!


Obrigado a todos que proporcionaram todas estas emoções!

(Flávio Gomes, Roberto Brandão, Torcida #96, Wilsinho e Emerson Fittipaldi, Sérgio Dias, Arnaldo Baptista, Dinho Leme, Zélia Duncan (Os Mutantes), Tom Zé, Prefeitura de São Paulo, Eduardo, Marta e Amanda Zeneratto, Consuelo Z., Luciano, Marcelinho, Ivi, João Carlos e juliana (podem contar comigo no casamento), Robson e Luis (3 Tosterona), Roger, Mingau, Sérgio Serra, Bacalhau, Manito, Ricardinho, Oswaldo e Paulinho (Ultraje a Rigor), papai, mamãe, André, Fábio e Luciana).

28 janeiro, 2007

O Funk da Guerra

Agradecendo a todos pelo apoio e também pela energia dada a cada pronúncia do refrão, transcrevo aqui o sucesso da noite passada, no Beverly Hills Bar:

E quem vendeu aquelas bombas pro Iraque
Desembuche (Refrão)
Desconfio que foi o Bush

E quem jogou aquelas bombas no Iraque
Desembuche (Refrão)
Desconfio que foi o Bush

Foi o Bush, Foi Blair, Foi o Bush
E o Saddam que se estrebruche.

27 janeiro, 2007

O início do ciclo da mudança...

Não terei mais 26
Tudo começa outra vez
Um, dois, três, 26
Tudo isso já ficou...

Este ano faço 27
Quem sabe a vida não se repete...


Hoje no Bar Beverly Hills.

26 janeiro, 2007

Onde está Wally, ou melhor, o Augusto?

Saiu na capa do Estadão de hoje (26/01), cuja a qual, reproduzo aqui:




Será que nesta multidão vocês reconhecem este que vos escreve?

Em breve darei a resposta...

O Aniversário de São Paulo: 453 aninhos (Parte 2)

Mas só ver o FD01 andando não foi o bastante para este intrépido rapaz, o restante do dia reservava algumas supresas, era dia de aniversário de são Paulo e dia de ver Os Mutantes tocarem juntos, o sonho se tornava realidade, após 30 anos separados eles estavam lá, imponentes no Parque da Independência (sim, onde Dom Pedro teve a dor de barriga, segundo o Tom Zé), junto a quase 60 mil pessoas (eu, particularmente, acho que tinha muito mais, mas...).

Ao aparecerem, imponentes pelo Monumento em Homenagem à Independencia, uma sucessão de músicas foram tocadas, na sequência pelo que me lembre, foram estas:

Dom Quixote [com direito a fogos(aqui, direto do celular, versão editada) e tudo mais]; Caminhante Noturno; Ave Gengis Khan; Tecnicolor; Virginia; Cantor de Mambo; El Justiceiro (e sua crítica ao El Grande Banana Luis Inácio); Baby; Desculpe Babe; Top Top; Dia 36; Fuga nº II; Le Premier Bonheur Du Jour; 2001 (com participação do Tom Zé); Qualquer Bobagem (fantástica versão com o Arnaldo e Tom Zé); Ave Lucifer; Balada do Louco (Cantada por Sérgio Dias que trocou as estrofes da letra); Ando Meio Desligado/ I Feel a Little Spaced Out (agora com o sérgio dias solando deitado, só pra tirar onda); A Hora e a Vez do Cabelo nascer (eu me identifico com esta música, porque será?); A minha Menina; Bat Macumba e pra finalizar Panis et Circenses.

Algumas Imagens do Show do Ano:




Parabéns Mutantes, parabéns Emerson e Wilisinho Fittipaldi, parabéns São Paulo, ontem, graças a vocês, realizei alguns sonhos.

O Aniversário de São Paulo: 453 aninhos (Parte 1)

Programação Intensa neste aniversário de São Paulo, feriadão e nada melhor do que ver realizado alguns sonhos que, por culpa do destino (prefiro chamar assim), fez que tudo isto pudesse ser verdade após mais de trinta anos.

Em Interlagos está tendo um evento, talvez o maior evento sobre automobilismo brasileiro já organizado, ele se chama Clássicos de Competição (de 25 a 28 de Janeiro).




Lá pude ver, ouvir e tocar naqueles carros que só vemos em filmes ou quando o pai da gente conta, carros como o Le Zebre, primeiro carro trazido ao Brasil e que pertenceu a Familia de Santos Dumont:





Além de Ferraris, DKW, Gordinis, Brasilias, Mercedes, como estes que aparecem abaixo:




Mas faltava alguma coisa para completar a festa, algo que realmente mostrava como o Brasil era visto na época, como o país dava chances a criação de sonhos. Este sonho durou de 1975 a 1982 e se chamava Team (Coopersucar) Fittipaldi. Portanto nada melhor do que ver ao vivo, em cores, e sem replay o primeiro modelo produzido por eles o FD01, que não estava lá só exposta, mas também em demostração para o público, com o seu criador, Wilsinho Fittipaldi, dirigindo a lenda.

Só o fato de ver este carro já valeu o dia, mas o dia ainda não havia terminado...

24 janeiro, 2007

Fórmula 1: Será 2007 um repeteco de 1996?

Já faz algum tempo que venho observando as circunstâncias similares que envolvem os campeonatos de Fórmula 1 de 1996 e 2007.

A última grande dança das cadeiras na categoria aconteceu há onze anos. Desde então, pilotos abandonaram a Fórmula 1, novos chegaram, outros trocaram de equipe, mas nenhuma outra troca envolveu os principais cockpits quanto esta que acontece este ano. E as semelhanças entre hoje e 1996 não são poucas.

Vejamos, pois. Naquele ano, o bicampeão mundial Michael Schumacher, abandonava a equipe que lhe deu os dois títulos consecutivos para buscar um desafio de vencer na Ferrari, time que não conquistava o título há anos. Agora troque o nome de Schumacher pelo de Alonso e Ferrari por McLaren e voilá! Mesma situação.

A equipe abandonada, a Benetton, embora tendo um dos melhores staffs técnicos da categoria, se deu mal na dança das cadeiras, ficando com dois pilotos (Alesi e Berger) que não traziam confiança para brigar por um título. Troque Benetton por Renault e Alesi/Berger por Fisichella/Kovalainen e temos de novo o mesmo cenário. Briatore deve estar tendo um dèja vu, e ele sabe que isso não é nada bom.

Como favorita, pintava a Williams, que apesar de ter o melhor carro, perdeu o título do ano anterior. Trocamos o nome Williams por Ferrari e o que temos? O cenário 2007.

No frigir dos ovos, demorou um pouco, mas Schumacher fez da Ferrari uma equipe campeã. Como também acho que Alonso deve fazer com a McLaren. E a temporada de 1996 foi toda da Williams, que fez do contestado Damon Hill um campeão mundial.Se assim for...

E aí? Dá Massa ou dá Raikkonen? O campeão de 1996 foi o número 5, mesmo algarismo que a Ferrari do brasileiro ostentará. Seria uma feliz coincidência.

23 janeiro, 2007

WALK RIGHT BACK

WALK RIGHT BACK
(Sonny Curtis/Roger)

I want you to tell me why you
Walked out on me
I'm so lomesome everyday
I want you to know that since you
Walked out on me
Nothing seems to be the same old way
Think about the love that burns within
My heart for you
The good times we've had
Before you went away on me
Walk right back
To me this minute
Bring your love to me
Don't send it
I'm so lomesome everyday

Você não disse nada quando me deixou
Desde então estou tão sozinho
Você não sabe que depois que você foi
Nada mais tem aquele gostinho
Pense no amor que eu tenho no meu coração
E no tempo bom quando era só você e eu
Volta já, ainda te espero
Não demore, ainda te quero
Eu me sinto tão sozinho

21 janeiro, 2007

Utilidade Pública

Alguém sabe para que serve o CEP?

Para facilitar a entrega das cartas, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) dividiu o País em 10 regiões postais, estruturando o CEP pelo sistema decimal. Os oito dígitos significam, da esquerda para a direita, região (primeiro algarismo), sub-região (segundo), setor (terceiro), sub-Setor (quarto), divisor de sub-setor (quinto) e identificadores de distribuição (três últimos).

Confira os algarismos e os Estados correspondentes a cada uma dessas regiões:
Região 0 - Grande São Paulo
Região 1 - Interior de São Paulo
Região 2 - Rio de Janeiro e Espírito Santo
Região 3 - Minas Gerais
Região 4 - Bahia e Sergipe
Região 5 - Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte
Região 6 - Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Amapá e Roraima
Região 7 - Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia
Região 8 - Paraná e Santa Catarina
Região 9 - Rio Grande do Sul

Assim como o País está divido em 10 regiões postais (representados pelo primeiro algarismo), cada região está dividida em 10 sub-regiões (segundo), que geralmente é representada por uma cidade e suas adjacências. Cada sub-região está divida em 10 setores (terceiro), depois são 10 sub-setores (quarto) e mais 10 dividores (quinto). Por fim, os três algarismos após o hífen são denominados de Identificadores de Distribuição e destinam-se à identificação individual de localidades, logradouros, códigos especiais e unidades do correio.

O Código de Endereçamento Postal (CEP) é um número criado pelos Correios para facilitar e acelerar o encaminhamento da correspondência. De 1971 até 1992, ele teve cinco dígitos. Em 92 foram incluídos os últimos três algarismos, chamados de Identificadores de Distribuição.

Pois é, informado está!

Domingo é dia de Churrasco...

Domingo é dia de reunir os amigos, todos para saborear aquela Chuuuleta...risos

Mas vejam como o churrasco pode ser visto de maneira diferente:

TRAJE FEMININO

DE RICO:
Calça capri de cores claras da Zara, Viva a Vida, Maria Bonita ou outra grife renomada e fina. Camisetinha básica branca da Club Chocolate ou Doc Dog. Sandalinha rasteira da Corello ou Jorge Alex. Bolsas Loui.Vuitton, Prada (tudo com muito couro). Óculos Chanel, Dior, Armani. Perfumes suaves para o dia de Channel, Armani, Givenchy, Moschino, cabelos recém-tratados me algum salão chiquérimo como Studio W e afins. Sandalinha rasteira da Lenny. Ela sempre chega sozinha, dirigindo o seu próprio carro que nunca tem mais de dois anos.

DE POBRE:
Mini-saia curtíssima, blusinha da C&A estampada, tamanco de madeira de salto altíssimo ou aquelas botas patas de bode (medonhas) que elas pagam em 10 prestações, elas não tem nada a ver com o churrasco mas elas usam em todos os eventos da “Vila” onde moram. Ocúlos coloridos ( By March 25). Percing no umbigo e anel no dedo do pé (quando não estão de pata de bode). Muitas usam biquíni por baixo, na esperança de tomar um banho de piscina. No cabelo muito creme tipo Kolene para segurar a juba (esses exigem retocadas constantes de água na pia do banheiro). Perfume realmente é item de luxo na verdade o que grita são essências de puro álcool e de aroma insuportável com um belo “Alma de Flores”.

TRAJE MASCULINO

DE RICO:
Bermuda Hugo Boss, Richards, VR, Yatchsman. Camisa esporte Siberian, Brooksfield, Zara, Polo Ralph Lauren ou Armani. Sapatos estilo sapatenis em tons cru. Relógio Rolex, Tag Hauer, Bulova e aquela caminhonete importada maravilhosa, vidros com insulfilm.

DE POBRE:
Chinelo Rider, bermuda florida ou feita de uma calça jeans cortada, barriga aparecendo, camisa do Corinthians jogada nas costas(eles morrem de calor) e óculos espelhado da Oakley, comprado de camelô na testa. Chegam de Monza ou Chevete, as vezes chega de carona com mais oito pessoas (junto com um gordo que é sempre desagradável), com o som do carro altíssimo geralmente tocando ou rap ou pagode. É possível também perceber as manchas de micose, resultado da última excursão a “Represa de Mairiporã”.

A COMIDA

DE RICO :
Normalmente eles não comem, quando comem é um pouquinho de cada coisa. Arroz com brócolis ou açafrão, farofa com frutas, filé de cordeiro, picanha argentina, salpicão de frango, mussarela de búfala, salada de rúcula com tomates secos, palmitos e shimeji, para temperar a salada o melhor azeite espanhol e sal (tudo proveniente do Bassi ou do Empório Sta. Luzia). Sendo cada coisa é desgustada a seu tempo e pausadamente. Há também pratos voltados para os vegetarianos, afinal isso é muito comum entre os ricos (são adeptos da medicina ortomolecular). É um evento com muita fartura.

DE POBRE:
Vinagrete (tão ácido que arde as narinas), farofa com muita cebola (aliás só cebola), maionese (aquela que só da para sentir o gosto do ovo) , muita asa de frango, lingüiça com pão de alho, costela e a tradicional bola da pá (que eles juram ser mais macia que a picanha). Se houve um vegetariano (o que é raro) terá que matar a fome com um belo “zoião”. Claro que isso não dura muito pois o churrasco de 10 se torna facilmente para 35, sendo assim então o churrasco ganha uma nova categoria “ O Chuurrasco de Pinga” onde todo mundo fica bem louco e só faz merda.


BEBIDA

DE RICO:
Em geral as caipirinhas são de vodka Absolut Vanilla, Mandarim e Pepper e combinam as mais exóticas frutas, são feitas por uma pessoa contratada para só para isso ( é só chegar e pedir), muita água mineral Perrier (of course). whisky , chopp na temperatura ideal.
As mulheres mais finas costumam a tomar, tônica Schweppes Citrus, Coca- Cola Light ou no máximo uma taça de Amarulla.

DE POBRE:
Cerveja Belco, Cristal ou Kaiser, geladas no tanque de lavar roupa cheio de gelo. Algumas já estão inclusive congeladas ( porque a geladeira com defeito no gás do congelador está desregulada). Quem fica tonto mais rápido, bebe intercalado água da torneira. Muita caipirinha com Caninha da Jurubeba, Catuaba Selvagem, Vinho São Tomé (não combina? e eles ligam?) Baré-Cola e Guaraná Xereta, tudo muito quente é claro, porque o gelo está todo no tanque.


A LOUÇA

PRATO DE RICO:
Normalmente é uma picanha servida num enorme prato branco liso de porcelana, com todos os alimentos separados para que sejam degustados de forma que se possa sentir o quê é o quê. Copos e taças adequadas a cada tipo de bebida: água, chopp, whisky, caipirinha, refrigerante, etc.

PRATO DE POBRE:
Os tradicionais pratinhos de alumínio, papelão ou guardanapo mesmo (afinal não há empregados para lavar a louça), eles ficam o tempo todo de olho na fila esperando diminuir. As bebidas são servidas em copinhos plásticos de 200ml. (compra-se a quantidade exata do número de convidados, por isso fique colado no seu copinho). Para os convidados mais chegados: familiares, algum cabo da PM, Corpo de Bombeiros, Escrivão da Polícia, os vips em geral (na verdade isso equivale a título de nobreza), servem naqueles copos de requeijão ou geléia de mocotó embasa.

MÚSICA

DE RICO:
Jack Johnson, Maria Rita, Música Instrumental, Lounge Music e Jazz. Pode ser que contratem um grupo que toca chorinho, mas com músicos formados pela escola de Música da USP.

DE POBRE:
Aquele pagodão de pingar suor, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão e Revelação. Só CD's piratas (4 por 10,00) mídia azul. Não pode faltar o cd de Sambas Enredo do ano corrente. O importante é tirar a galera do chão, depois de umas 2 horas de churrasco, todos já estão dançando, independente das idades ou credos. Também rola uma batucada improvisada com panelas, tampas ou qualquer objeto disponível que emita um som (cantam de Almir Guineto à Alcione). A mulherada tira a sandália, porque não está acostumada, e bota a poeira pra subir, usam piranha no cabelo e a essa hora já estão super ensebadas, pois o Kolene já escorreu para costas braços e rosto. Isso sem contar o cheiro de asa dos homens e de algumas mulheres também.


O CHURRASQUEIRO

DE RICO:
Contratado de uma churrascaria famosa ou de um renomado buffet especializado em churrasco. Trabalha com um uniforme impecável e traz consigo toda equipe necessária para atender todos os convidados. Tem as unhas impecavelmente limpas e usa algo no cabelo para não haver perigo de cair nada na comida.

DE POBRE:
Amigo de um conhecido que adora fazer churrasco, pode ocorrer um revezamento com outra pessoa bem peculiar. Normalmente é um cara barrigudo que fica suando com uma toalhinha na mão (ele usa para enxugar o suor, limpar as mãos e o que mais o precisar). Tem na mão sempre um copo de cerveja, pois adora jogar a “loira gelada” na brasa para mostrar fartura, sem contar o papo que é realmente um serviço de utilidade pública. Depois de um tempo ele já bêbado começa a causar e é levado para o sofá, onde ficará roncando até começar o sorteio da Tele Sena.

O LOCAL

DE RICO:
Área coberta com piso de granito ou um lindo jardim de grama farta e aparada com uma linda piscina (retangular) repleta de água mineral, sem ninguém dentro é claro! Há mesinhas, ombrelones e bancos (estilo Indonésia), tudo comprado na Tok Stok ou na Etna..

DE POBRE:
Normalmente na laje, com sol quente na cabeça ou chuva para acalmar o fogo. Nesse momento é improvisada uma lona de caminhão como cobertura, mas só para proteger a churrasqueira, cadeiras só para quem chegar mais cedo (esses cedem o lugar para as grávidas que sempre chegam atrasadas e reclamando do inchaço), os demais ficam em pé, esbarrando uns nos outros e pisando no seu pé, mas não tem problema porque a maioria está descalça. Sem esquecer o tradicional banho de “chuveiro”, onde os bêbados começam com a brincadeira de querer molhar todo mundo.


A SOBREMESA

DE RICO:
Mouse de Maracujá, Petit Gateau, Papaya Cream com licor de cassis, Bolo de Trufas da Amor aos Pedaços e sorvete Hãagen-Dazs.

DE POBRE:
Gelatina de morango com aquela cobertura composta de gelatina incolor, creme de leite e leite condensado, com um detalhe muito importante: Não colocaram nem papel alumínio, nem papel filme para cobrir a travessa ao levar a geladeira o que torna o gosto dessa gelatina sem igual, mas o povo se mata até o ultimo restinho..

O FINAL

DE RICO:
Em no máximo 4 horas, cada pessoa sai em seu próprio carro. Saem em momentos diferentes, para que o dono do churrasco possa fazer os agradecimentos a cada um com atenção.

DE POBRE:
Dura no mínimo 8 horas, depois que todos já estão bêbados, o dono da casa diz que tem que trabalhar cedo no dia seguinte, mas o pessoal ainda quer fazer vaquinha para comprar mais uma caixa de cerveja. A dona da casa começa a fazer a maior confusão para que a ajudem a arrumar tudo (pois ela não tem empregada). Há pessoas ainda com alguns pedaços de pão na churrasqueira para pegar o cheiro da carne que a muito estava ali. Aquela criança zoiúda está chorando de dor no estômago, afinal era como uma draga e não parava de comer, claro que já deram o xarope para o "figo" (leia-se fígado), os cantos de sua boca estão até esbranquiçados, mas ela continua de olho no último restinho de gelatina. Na hora de ir embora quem não tem carro pede carona ou vai de buzão mesmo (isso sem falar nos que precisam curar o porre, estabacados no sofá ou no tapete, antes de pensar em ir embora). O pessoal que tem carro liga o som bem alto (pagode claro) e sai buzinando, sorrindo e gritando: Valeu maluco! Amanhã tô aí pro enterro dos ossos!!


Se identificou com alguma destas situações?

Então comente, oras...

No Comments

15 janeiro, 2007

Fórmula 1 2007: Favoritas lançam suas maquinas...

Ontem e Hoje, a Ferrari (com seu vermelho tradicional e códigos de barra, quanto será que custa???) e a McLaren (será que cliente Santander tem direito a dar algumas voltas nela?) lançaram suas "macchinas", sem dúvidas dois belíssimos carros:



McLaren (Fernando Alonso)

Ferrari (Felipe Massa)

Dificil escolha, não? Mas acho que o tradicionalismo da Ferrari, me faz considerar o carro mais bonito lançado até agora.

O que acham, comentários, please.

Fórmula 1 2007: Novas Descobertas

Aqui alguns furos de reportagem, as cores secretas e/ou povisórias da:



Renault

Williams

13 janeiro, 2007

Super Classic

Continuando a falar dos Farneis realizados em 2006, aqui estão mais alguns carros da Super Classic, fora o #96.

Ilustração: Maurício Morais

Enquanto isso, na Williams...

Pelos resultados obtidos em 2006, concluímos que, na Williams, faltou o seguinte patrocínio:

Para quem não conhece esta marca, aqui encontrará maiores detalhes.

Ned Flanders na BMW?

Mario Theissen - CEO BMW MotorRacing

Fórmula 1 2007: Os novos lançamentos

Ontem, foi lançado o novo carro da Toyota, como pouca coisa mudou para os anos anteriores, o Blog do Capelli deu uma sugestão para dar uma "alegrada" no visual do carro de Trulli e Ralf Schumacher:

O porque desta pintura, simples, vejam só os pilotos:

Jarno Trulli e Ralf Schumacher

Os "Bons Tempos" de Galvão Bueno

Essa é para aquele saudosista que vive em todos nós.

O tempo passa e nossa memória afetiva nos faz lembrar apenas das coisas boas do passado. Tem gente que hoje lembra do Dunga como craque, tem gente que diz que o Telê Santana era pé-frio e tem até quem diga que o Galvão Bueno errava menos: "Nos anos 80 é que ele era bom".

Confira no vídeo como o Galvão também se atrapalhava naquela época.

A corrida é na África do Sul, 1983. Última etapa do campeonato, Prost lidera o mundial e precisa chegar à frente de Piquet. O francês tem problemas no carro e pára nos boxes. Enquanto ele abandona a prova, Galvão Bueno fica ajudando o cronômetro a contar e não percebe bem o que está acontecendo.

"Vida de narrador não é fácil, amigo..."

Galvão continua sendo tão bom quanto era e erra tanto quanto errava. A diferença é que, hoje, falar mal dele virou esporte nacional.

DKW #96

Na Retrospectiva 2006, muito se falou sobre os acontecimentos do ano e sobre os farneis que aconteceram, em Interlagos.

E não é que a criatura está ganhando vida....

O carrinho, que é pilotado pelo Flávio Gomes e que tem fã-clube, torcida organizada, comunidades no Orkut, um cara para tirar o pó, camiseta promocional, plataforma particular, miniatura e periga virar personagem de história em quadrinho, agora, pode ser montado em casa.

Então, prepare o papel, a impressora, a tesoura e a cola e mãos a obra, clicando aqui.

Para vocês que não conheceram os feitos do #96, algumas fotinhos para comprovar:


08 janeiro, 2007

Onde colocar a vírgula...

"Se o homem soubesse o valor que tem a mulher andaria de quatro à sua procura"


Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de "mulher"...

Mas, se você for homem, certamente a colocou depois de "tem".

06 janeiro, 2007

O que esperamos em 2007

Na Formula 1


Rubens Barrichello ganhando corridas com a Honda!

V Natal Cidadão

V NATAL CIDADÃO CONTAGIA CRIANÇAS E IDOSOS


Alegria e recompensa, estas palavras podem resumir o sentimento de todos os participantes do V Natal Cidadão promovido pela organização civil DJS - Desenvolvimento com Justiça Social, com apoio da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e do Time da Alegria.

Com o objetivo de promover, por um dia, na época do Natal, alegria, diversão e o conhecimento por meio de atividades recreativas com crianças carentes e atividades lúdicas com idosos em um asilo. Nelas, os atendidos foram contagiados pelo espírito natalino de paz, amor, solidariedade, fraternidade e cooperação.

Dividido em duas etapas, o V Natal cidadão foi realizado em dois dias especiais, dia 10 de dezembro/ 2006, com a realização das atividades para os idosos e dia 16 de dezembro com as atividades para as crianças.

Durante o encontro com os idosos, o carinho despendido pelos “velhinhos” de estimação surpreendeu a todos os voluntários presentes. Com a presença de palhaços, coral e muitas brincadeiras, os 30 idosos do asilo Zanuto, foram recepcionados com uma mesa farta de frutas, puderam compartilhar suas experiências de vida e acima de tudo se divertir jogando bingo com a ajuda dos voluntários. Como presente de natal, todos os velhinhos foram agraciados com um kit de higiene pessoal e jogos para a sua recreação.

No dia 16 de dezembro, o evento realizado na estaca da Penha (São Paulo – SP), contou com a presença de aproximadamente 350 pessoas, entre voluntários, pais e crianças. As mais de 200 crianças carentes puderam participar de atividades recreativas desenvolvidas por profissionais da alegria, além de muitas brincadeiras, risadas, piadas, compreensão e acima de tudo, cidadania.

Enquanto as crianças brincavam, os pais participavam palestras temáticas sobre noções de Direito e Cidadania, Saúde Bucal e Educação Familiar.

Ao terminar as palestras, um delicioso lanche foi servido junto com refrigerante a todos os participantes, mais de 500 lanches foram servidos e 600 litros de refrigerante, tomados.

Passado o almoço, todas as crianças puderam exercer seu lado cidadão recolhendo todo o lixo espalhado pelo local, como forma de retribuir todo o carinho dado pelos voluntários.

Após esta grande lição de cidadania, as crianças foram esperar o momento mais aguardado: a chegada do Papai Noel. A cada nome chamado, a cada presente aberto, a cada sorriso de gratidão, temos a certeza de que este natal foi especial para as crianças e principalmente para todos os participantes que sem dúvida saíram emocionados deste evento.
Abaixo vemos alguns momentos do V Natal Cidadão.

V Natal Cidadão - Fotos

Aqui estão os retrados do V Natal Cidadão:

Asilo Zanuto



Igreja dos Mórmons - Penha

05 janeiro, 2007

Ele advinha o que você está pensando...

Da série acredite se quiser (ou se puder), este site diz que pode advinhar seus pensamentos...

Cuma? ... Advinhar meus pensamentos???



Sim, advinhar os pensamentos...

Comigo deu certo após a segunda tentativa...

Para conferir também, clique aqui.

50 coisas que descobrimos em 2006

A ciência nunca pára, e não deve. A todo ano descobrimos novas coisas e aperfeiçoamos outras. Tbo.com numerou as 50 coisas que foram descobertas em 2006.

Como são muitas eu separei aquelas que achei mais relevantes:

* A parte do cérebro que regula a razão e a impulsividade ainda se encontra em desenvolvimento durante a adolescência e só amadurece por volta dos 25 anos.

* A luz azul afasta o sono, pode ser útil às pessoas que trabalham à noite.

* Um gene responsável pelos embriões machos é produzido também pela região alvejada pela doença de Parkinson, uma descoberta que possa explicar porque mais homens do que mulheres desenvolvem o doenças degenerativas.

* Um novo planeta, denominado de "Super-Terra" que pesa 13 vezes mais que o nosso planeta, existe no sistema solar a 9000 anos-luz de distância.

* Durante os últimos cinco anos a alergia das crianças aos amendoins duplicou.

* Biólogos marinhos descobriram um tubarão que usa as barbatanas para andar no fundo do mar.

* Dormir mais tempo ao Sábado e ao Domingo pode alterar o relógio biológico, deixando o corpo mais fatigado no início da semana.

* O pombo comum consegue memorizar 1.200 imagens.

* Uma das formas mais eficazes para os atletas recuperarem depois do exercício físico é beberem um copo de leite com chocolate.

* O peso do ganho pelas mulheres quando estão namorando é porque sua dieta é interrompida, porém os homens começam a alimentar-se melhor quando estão namorando.

* Uma sessão de 30 minutos de beijos pode diminuir as reações alérgicas do corpo ao reduzir a produção de histamina, o medidor natural das respostas às alergias.

03 janeiro, 2007

O que esperamos em 2007

No Pan do Rio:


Brasil campeão Panamericano?

Vídeo Perdido: Consuelo´s de A a Z

Bomba! Bomba! (de chocolate por favor)

Achado o vídeo perdido do aniversário das Consuelo´s.

Se arrume na cadeira, chame a mamãe, o papai, o irmãozinho, a irmãzinha, o cachorro e o passarinho.

A lista dos 50 presentes foi revelada e o Trem da Alegria voltou a tocar...

Cuidado, ainda tem The 54´s...

Veja tudo isso, aqui.

O que esperamos em 2007

Na política:



Esperamos que este muro continue branquinho, branquinho.

02 janeiro, 2007

Feliz 2007

Já é 2007! Ano que promete ser diferente de tudo aquilo que já vivemos.

A esperança está lançada aos ventos, o desespero não terá lugar.

Basta ter amor, confiança e muito otimismo, pois só assim nosso ano será diferente.

Que neste breve comentário, possamos ter muito amor, muita paz interior para enfrentar as dificuldades, muita consciência e acima de tudo, muita amizade pra levar a situação.

Afinal, Aprendi a ler no rosto;
O que as pessoas não querem me dizer;
Aprendi a ler na alma;
O que as pessoas não podem me esconder; e
As duas horas da manhã eu abro a minha janela
E vejo a bruxa cruzando a grande lua amarela
E vou dormir quase em paz!

Feliz 2007.